top of page

AGENDHA: Cultivando a Caatinga na Comunidade Baixa Verde!

Por meio das Ações dos Projetos ESEC Raso da Catariana e ATER Agroecologia, tivemos a oportunidade de realizar um dia de campo muito especial na Comunidade Baixa Verde, em Paulo Afonso. O foco do dia foi o plantio de mudas da caatinga, uma iniciativa que promove a preservação ambiental e fortalece a agricultura familiar local.


Acervo AGENDHA

No plantio, foram utilizadas diversas espécies de mudas, incluindo pinha, umbu, tamboril, moringa e aroeira, todas típicas da caatinga. Elas foram produzidas pela equipe multidisciplinar do Projeto ESEC Raso da Catarina, formada por Maurício Aroucha, Galileu Torres e Lícia Murari (@murari.livia). Essa atividade contou com a facilitação do técnico da AGENDHA, Daniel Santos (@danielbioagrotec), responsável por conduzir as ações do plantio.

O dia de campo na propriedade de Maria Zélia e Cícero representa um importante passo na recuperação e conservação do bioma caatinga na região de Paulo Afonso. Essa ação contribui para a proteção da biodiversidade, o fortalecimento da agricultura familiar e a promoção do bem viver no Semiárido brasileiro.

A AGENDHA se orgulha de fazer parte dessa ação transformadora, que só foi possível graças ao empenho e dedicação de todos os envolvidos. Agradecemos imensamente a Maria Zélia, Cícero e suas famílias por nos receberem tão bem em suas terras e por compartilharem conosco o amor pela natureza e pelo desenvolvimento sustentável. Com o Projeto PRAD ESEC Raso da Catarina, a AGENDHA busca envolver cada vez mais agricultores/as familiares, povos e comunidades tradicionais, bem como as lideranças comunitárias, com doação de mudas e ações práticas que garantam a preservação desse ecossistema único e fundamental para nossos territórios.

No âmbito do projeto ATER Agroecologia, a AGENDHA oferece assistência técnica e extensão rural para as famílias agricultoras, proporcionando capacitação, orientação e apoio para a implementação de práticas agroecológicas em suas propriedades. Isso inclui o manejo adequado dos recursos naturais, a diversificação das culturas, a utilização de adubos orgânicos e o controle natural de pragas e doenças.


O financiamento desse projeto é proveniente do GEF Terrestre, e ele é realizado pela AGENDHA em parceria com o FUNBIO, o BID, o Ministério do Meio Ambiente e Mudança Climática do Governo Federal. Contamos com o apoio da One Tree Planted e da Diocese de Paulo Afonso, na disponibilização da área demonstrativa no Recanto da Solidariedade, em Paulo Afonso/BA.


Bruna Cordeiro - ASCOM AGENDHA


3 visualizações0 comentário
bottom of page