A AGENDHA implanta Unidade Demonstrativa para Sistemas Agroflorestais em Paulo Afonso/BA

Uma Unidade Demonstrativa (UD) para o desenvolvimento de práticas agroecológicas, manejo de sistemas agroflorestais e viveiro de mudas, está sendo implantada pela AGENDHA no município de Paulo Afonso/BA. O objetivo da UD é viabilizar um local de referência para os projetos atuais.


Foto ASCOM - Acervo AGENDHA

Esse espaço servirá como norteador para divulgar, orientar, capacitar e demonstrar os resultados, os dias campo e a troca de experiências entre a AGENDHA e as comunidades de produtores/as rurais, técnicos(as) e Organizações Socioprodutivas. Além disso, vai envolver escolas, universidades e parceiros em cooperação para outras pesquisas.


A UD está em fase de implantação no Centro de Formação 'Recanto da Solidariedade', que é um espaço agregador de experiências de convivência com o Semiárido e o rio São Francisco, pertencente à Diocese de Paulo Afonso, que tem como Bispo, Dom Guido Zendron. O Espaço reúne valores e diferentes culturas que se somam com diversos parceiros e projetos de ações socioambientais.


A sua implantação é essencial para o desenvolvimento dos Projetos de Assistência Técnica e Reflorestamento de áreas degradadas, nasceu da necessidade dos projetos atuais em ter um espaço de pesquisa, observação e socialização do conhecimento em sistemas agroflorestais, viveiros de mudas e boas práticas de convivência com o semiárido.


Os primeiros projetos beneficiados são:

  • ESEC Raso da Catarina – CHAMADA PÚBLICA 06/2019, que vai trabalhar com a produção de mudas, desde a construção dos viveiros e estufas ao reflorestamento da Mata da Pororoca dentro da Reserva Ecológica. É financiado pelo Fundo de Desenvolvimento Global - GEF Terrestre e executado pela AGENDHA, em parceria com o FUNBIO (Fundo Brasileiro para a Biodiversidade), o Banco Interamericano de Desenvolvimento e o Ministério da Cidadania - Governo Federal.


  • O Ater Agroecologia - CHAMADA PÚBLICA 001/2018, prestação de Serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural a 540 famílias agricultoras familiares, em 08 municípios, nos Territórios Itaparica/BA e Semiárido Nordeste II. É realizado em parceria com o SETAF (Serviço Territorial de Apoio à Agricultura Familiar/BAHIATER da SDR (Secretaria de Desenvolvimento Rural) do Governo da Bahia.


  • O ATER Produtiva - CHAMADA PÚBLICA 31/2017, que tem como objetivo o desenvolvimento Institucional, Assistência Técnica e Gestão de Projetos, para agricultores/a familiares e suas Organizações Socioprodutivas. Parceria com a CAR - Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional, Secretaria de Desenvolvimento Rural do Governo do Estado da Bahia, Parceria Mais Forte com Recursos do Banco Mundial.

Texto: Bruna Cordeiro - ASCOM AGENDHA


34 visualizações0 comentário