Produção de ovos de galinha caipira se torna fonte de renda para agricultores familiares de Glória

Com a implantação de um projeto de criação da galinha caipira na comunidade de Olhos D'Água de Coelho, município de Glória, no Território Itaparica, a produção de ovos caipira passou a ser uma alternativa de renda para as famílias beneficiadas e a produção, que antes era de 50 dúzias por mês, passou para 700 dúzias.

Visando promover formas de organizar e melhorar os sistemas tradicionais de produção, o projeto do Governo do Estado, Bahia Produtiva, investiu R$400,8 mil na comunidade. Os recursos foram aplicados na construção de galinheiros, aquisição de galos, vacinas e rações, chocadeiras e, também, na estruturação da associação, com a aquisição, por exemplo, de notebook, impressora e motocicleta.  A comunidade também conta com a assessoria técnica de um Agente Comunitário Rural (ACR).


O resultado dos investimentos está sendo colhidos agora e comemorados pelos agricultores com a venda dos ovos para estabelecimentos comerciais do município de Glória e de Paulo Afonso. A expectativa é que a produção chegue a 4 mil dúzias por mês.


Para a agricultora familiar Tatiane Machado, é um trabalho gratificante:


“Trabalhei com criação de galinha desde minha infância, cuidava desses animais com minha vó e depois com minha mãe, mas com esse projeto aprendi a criar melhor, a alimentar, cuidar, limpar. Vimos que, com isso, podemos ter mais produção e tirar nosso futuro do nosso trabalho e do nosso esforço”.

A agricultora Luciana Campos conta satisfeita sobre as mudanças: “Antes, a gente criava as galinhas soltas e elas botavam os ovos em qualquer lugar, e a gente não tinha controle. Hoje, elas têm lugar pra ficar, pra botar, mudamos os cuidados e a gente já tá tendo retorno financeiro para manter as galinhas com os cuidados com higiene e alimentação, que são importantes, comprar a ração e ainda tem um troquinho”.


O Bahia Produtiva é executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio de empréstimo do Banco Mundial.





Publicado originalmente em: http://www.sdr.ba.gov.br/noticias; Em: 22/10/2020.

3 visualizações