Terra Madre Brasil reúne virtualmente mais de 200 mil pessoas

Alcance do evento em prol da agricultura familiar e camponesa obteve números expressivos graças à mobilização da rede Slow Food Brasil, aos parceiros e ao alcance das redes sociais


A versão online do grande encontro que celebra a cultura alimentar era um grande desafio à rede Slow Food Brasil, acostumada a difundir o contato e as trocas entre produtores e consumidores. Mas o engajamento do público superou as barreiras geográficas e proporcionou calor humano nas Rodas de Conversa, Diálogos, Oficinas do Gosto e Apresentações Artísticas que atingiram um público estimado, até o momento, de mais de 200 mil pessoas, de todos os cantos do país, durante os seis dias de evento.


“A generosidade dos participantes em compartilhar conhecimentos, a qualidade dos debates, a participação do público de diversos cantos do Brasil, representando diversos segmentos da sociedade civil, têm superado nossas expectativas. A profundidade da troca de conhecimento e a produção de conteúdos que serão disseminados, nacionalmente e internacionalmente, para além do “ao vivo”, representa um patrimônio inestimável para a formação de base da rede Slow Food Brasil e das organizações parceiras”, avalia Valentina Bianco, da coordenação da Associação Slow Food do Brasil, organização responsável pela realização do Terra Madre Brasil 2020.


A rede Slow Food Brasil está presente em 23 Estados e Distrito Federal, fato que colabora para um forte poder de articulação e representatividade em todas as regiões do país e diversos territórios, que estão alinhados com a valorização de alimentos bons, limpos e justos para todos. Essa realidade é refletida nos canais nos grupos de comunicação interna (mailing e Whatsapp) e nas redes sociais do movimento (Facebook, Instagram e YouTube), plataformas utilizadas para as transmissões ao vivo durante os dias do Terra Madre Brasil 2020.


Números da programação e das redes sociais

As atrações do Terra Madre Brasil 2020 se estenderam ao longo de 6 dias, por meio de mais de 50 horas de transmissão ao vivo e incluíram: 16 Rodas de Conversa, 17 Oficinas do Gosto, 3 Diálogos do Terra Madre Brasil, 4 shows, e 1 transmissão Slow Food no Filme.

A produção de evento contou com o engajamento direto de uma equipe de 25 pessoas, além de outros 20 profissionais que estiveram colaborando mais pontualmente. A programação promoveu a participação de mais de 150 convidados para composição de espaços de fala e apresentações artístico-culturais.


Para a disseminação de informações sobre a programação do evento e publicação de conteúdo, o Terra Madre Brasil 2020 utilizou uma plataforma que obteve um número significativo de acessos durante os dias 17 e 22 de novembro, com mais de 4 mil internautas. Entre as páginas mais acessadas tivemos a da programação completa, com 2.287 visualizações e o da programação ao vivo com 2.230 internautas.


A rede social do Facebook do Slow Food Brasil, que hoje conta com 46.374 curtidas, teve entre as postagens mais visualizadas a do dia 18/11 com a programação completa da data dedicada à Educação Alimentar e à Segurança Alimentar e Nutricional, que alcançou 15.701 pessoas do Facebook, seguido do show do compositor e cantor Chico César, com 12.932 pessoas alcançadas e 595 cliques.


O artista Chico César também atingiu o 1º lugar nos posts veiculados no Instagram, com 1.218 curtidas. Durante todos os dias de evento, no período da manhã, a organização publicou vídeos-chamadas anunciando as atrações do dia. Todos os vídeos transmitidos no Instagram, incluindo as chamadas da equipe, obtiveram um total de 18.115 interações.