top of page

Serrapilheira: A Importância da Trituração para Melhorar a Absorção de Nutrientes pelas Plantas

No último dia 16 (terça-feira), a equipe do Projeto ESEC Raso da Catarina reuniu-se para uma importante atividade: a coleta de serrapilheira, seguida da trituração do material. Essa iniciativa teve como objetivo fornecer nutrientes essenciais para as plantas e impulsionar a produção de mudas no Viveiro de Mudas da AGENDHA.


A serrapilheira é constituída por folhas, galhos, sementes, frutos, restos de vegetação, resíduos e até dejetos de animais em decomposição. Sua função é alimentar os ecossistemas, processando nutrientes vitais para o crescimento das plantas.

A atividade ocorreu na propriedade do Agricultor Familiar Ailton Silva, que se mostrou entusiasmado com a contribuição que a trituradora de forragem traria para a produção de mudas de qualidade. Ailton explicou a importância de garantir que o material esteja seco o suficiente para a trituração adequada: "Se o material não estiver moendo com tranquilidade, é porque não está seco o suficiente. Molhado, ele embucha."


Ele também ressaltou a relevância das peneiras, que devem ser selecionadas de acordo com o uso desejado para o produto final. A máquina forrageira desempenha um papel fundamental nesse processo de produção de serrapilheira triturada. A atividade exige a atenção de duas pessoas, uma responsável por controlar a saída do material e a outra por inserir a forragem seca na máquina.


Ailton Silva enfatizou que é essencial revirar o material constantemente e manter uma camada fina para acelerar o processo de secagem. A serrapilheira triturada é uma fonte valiosa de nutrientes para as plantas, permitindo que elas absorvam de maneira mais eficiente os elementos necessários para o seu desenvolvimento saudável. Além disso, ao ser incorporada ao solo, ela contribui para melhorar a sua estrutura, aumentar a retenção de água e promover a atividade microbiana benéfica.

O Projeto ESEC Raso da Catarina, em parceria com agricultores familiares como Ailton Silva, tem desempenhado um papel importante na produção e distribuição de mudas da caatinga com o intuito de recuperar áreas degradadas dentro e no entorno da Estação Ecológica. A coleta e trituração da serrapilheira representam uma estratégia eficaz para reutilizar os resíduos orgânicos e promover a fertilidade do solo.

Essa iniciativa demonstra como ações simples, como a coleta e trituração da serrapilheira, podem ter um impacto significativo na agricultura sustentável, contribuindo para a produção de mudas saudáveis e fortalecendo os ecossistemas locais. O Projeto ESEC Raso da Catarina continua buscando novas soluções e parcerias para impulsionar a agricultura familiar e preservar a biodiversidade em nossa região.


Esse Projeto é financiado pelo GEF Terrestre (Fundo de Desenvolvimento Global), em parceria com o @funbio_brasil (Fundo Brasileiro para a Biodiversidade), o Banco Interamericano de Desenvolvimento e o Ministério do Meio Ambiente – Governo Federal. E, pela @onetreeplanted (ONE TREE PLANTED). Tem o apoio da @diocesepauloafonso (Diocese de Paulo Afonso) na disponibilização das áreas do Recanto Solidário.


Bruna Cordeiro - ASCOM AGENDHA





7 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page