PRS Caatinga apoia SERTA para levar água potável ao interior de Alagoas

Filtros de balde de nanotecnologia chegam à Batalha pela parceria que beneficia 60 famílias de agricultores. Os produtores familiares de Olivença e Monteirópolis, regiões rurais do município de Batalha, em Alagoas, estão comemorando o recebimento de filtros de balde de nanotecnologia, pelas mãos da parceria PRS Caatinga e a organização não governamental Serviço de Tecnologia Alternativa – SERTA.



Os filtros de balde são uma tecnologia simples e portátil, que possibilita a filtragem da água em localidades onde o saneamento básico não é uma realidade. A solução, que começou a ser distribuída em julho, está melhorando a qualidade de vida de 60 famílias, cerca de 300 pessoas, que agora podem beber água potável.


Os agricultores e seus núcleos familiares, incluindo crianças e idosos, consumiam água da chuva, armazenada em cisternas, barreiros e açudes, sem nenhum tipo de tratamento – e muitas vezes imprópria para o consumo. As famílias passaram a utilizar os filtros equipados com minúsculos poros que bloqueiam vírus, bactérias e outros contaminantes. Equipado com nanotecnologia, a solução tem vida útil de três a cinco anos e capacidade de filtragem de 50 a 100 mil galões de água.


Segundo a coordenadora técnica da ações do PRS Caatinga com o SERTA, Aline Melo, a necessidade de garantir água potável para os agricultores familiares de Olivença e Monteirópolis foi identificada durante as ações de campo. “Além da doação, estamos mobilizando as comunidades, reunindo as pessoas para explicar o funcionamento do filtro. A nossa entrega é individual, mas também comunitária”, disse Aline.


Os produtores familiares de Olivença e Monteirópolis, regiões rurais do município de Batalha, em Alagoas, estão comemorando o recebimento de filtros de balde de nanotecnologia, pelas mãos da parceria PRS Caatinga e a organização não governamental Serviço de Tecnologia Alternativa – SERTA.