O Projeto Florando nas Caatingas entra no roteiro da SPM - Secretaria de Políticas para as Mulheres

O Projeto Florando nas Caatingas: O tempo de transformar a vida das mulheres é agora, recebeu a visita de representantes da SPM Bahia para cumprir agenda de três dias de atividades. Um dos destaques da programação foi a entrega de equipamentos ao PROAFA (Produtoras da Agricultura Familiar Agroecológica) no Povoado Sítio do Lúcio em Paulo Afonso/BA. Com realização da AGENDHA (Assessoria e Gestão em Estudos da Natureza, Desenvolvimento Humano e Agroecologia), o projeto possui diversos parceiros, entre eles: O SICOOB-COOPERE (Cooperativa de Crédito Rural do Semiárido da Bahia) a DEAM - Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, a Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS) da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, o OPARÁ (Centro de Pesquisas em Etnicidades, Movimentos Sociais e Educação) da UNEB (Universidade do Estado da Bahia) – Campus VIII e a BAHIATER.


No roteiro do primeiro dia, as representantes da SPM - Cássia Aragão e Patrícia Teles foram conhecer as estufas, os canteiros e a comunidade onde se encontra o PROAFA, organização socioprodutiva, formada por mulheres da zona rural de Paulo Afonso. Lá, foram levadas até a estufa, que foi construída pela AGENDHA em mutirão com a comunidade, afim de, garantir a ininterrupta produção de alimentos, tendo em vista a aplicação das técnicas agroecológicas desde a fase de preparação de solo até a sua comercialização.


A equipe foi recebida por Dona Marli, Dona Irani, Dona Inês e o Senhor Ailton, que compartilharam os saberes sobre os Quintais Produtivos Agroecológicos (QUIPÁS) e, a vivência de plantar utilizando a estufa, construída para facilitar o cotidiano e aproveitar as potencialidades do cultivo orgânico e agroecológico. Os resultados imediatos da construção da estufa é o aumento da produção e a geração de renda que possibilitou, três meses após sua implantação, a comercialização semanal de produtos de hortifrutis no mercado municipal da feira livre de Paulo Afonso.

Da Esquerda para a Direita: Graziele Soares, Luciene Marilac, Valda Aroucha, Patrícia Teles, Cássia Aragão e Glaide Pereira-Silva (Fotos: Acervo AGENDHA)

Visita a Estufa. Da esquerda para a Direita: Dona Marli, Patrícia Teles, Glaide Pereira-Silva, Cássia Aragão e Daniel Santos. (Fotos: Acervo AGENDHA)

Visita a Estufa. Da esquerda para a Direita: Senhor Ailton, Patrícia Teles, Dona Inês, Glaide Pereira-Silva e Cássia Aragão. Foto: Acervo AGENDHA

“Depois da Estufa tá sendo melhor ainda, por que agora a gente ta trabalhando com mais alegria, com mais prazer. A gente fica lá debaixo daquela estufa, se fosse possível eu ficava o dia todinho lá debaixo, cuidando das minhas hortas. Amanheço o dia, quando eu chego lá, tá lá tudo verdinho e bonitinho. Antes da estuda, eu aguava na parte da manhã e na parte tarde e, era sempre murcha e queimada do sol. Depois da Estufa aguo só na parte da manhã, na parte da tarde não precisa e fica tudo lindo lá dentro.” (Dona Maria José (Agricultora Familiar – PROAFA/Sítio do Lúcio. Depoimento colhido pelo Projeto Florando nas Caatingas em Junho/2019)

O Projeto Florando nas Caatingas: O Tempo de Transformar a vida das Mulheres é Agora, visa contribuir com o empoderamento e a autonomia das mulheres agricultoras familiares do Território Itaparica/BA. Com ciclos formativos que acontecem periodicamente, promove a troca de saberes, as vivências práticas e leva a assessoria técnica e extensão rural para diversas propriedades que, por sua vez, recebem o aporte de investimentos voltados ao melhoramento dos seus Quintais Produtivos Agroecológicos (QUIPÁS). Desta forma, buscamos aumentar a produção e a comercialização de produtos orgânicos e agroecológicos para toda a Bahia, com vistas a sua inclusão em programas como o PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar).


No segundo dia, aconteceu a entrega dos equipamentos de suporte a produção (balança, embaladora e freezer), para tanto, estiveram presentes da AGENDHA: a Coordenadora Geral: Valda Aroucha, o Coordenador Técnico: Maciel Silva, a Coordenadora Pedagógica: Glaide Pereira Silva, a Coordenadora Administrativo-financeira Luciene Marilac e o Técnico em ATER: Daniel Santos. Tivemos a honra de compartilhar esse momento com Graziele Soares, representante do SICOOB-COOPERE e do Professor Geovane Duarte (UNEB/OPARÁ), além das Agricultoras da PROAFA: Produtoras da Agricultura Familiar Agroecológica.


Colheita dos Produtos. Fotos: Acervo AGENDHA

Entrega de Equipamentos. Foto: Acervo AGENDHA

Daniel Santos (Técnico da AGENDHA) segura uma beterraba orgânica da PROAFA. Foto: Acervo AGENDHA

O terceiro e último dia foi marcado com a ida ao mercado municipal onde acontece a maior feira livre de Paulo Afonso/BA. Um espaço construído em 2012, que abriga 520 feirantes, possui 7.200 mil m² de área coberta, recebe 35 mil frequentadores semanais e, tem capacidade para gerar 6 milhões de reais por mês, segundo dados fornecidos pelo site P.A Notícias. Neste momento, foi possível observar a necessidade de fortalecer toda a cadeia produtiva, desde a preparação do solo até a comercialização do que foi colhido. A feira livre foi o espaço escolhido para comprovar os resultados dos esforços coletivos em colocar em prática as metas do projeto.

Barraca PROAFA Feira Livre (Foto: Acervo AGENDHA)

Barraca PROAFA Feira Livre (Foto: Acervo AGENDHA)

Buscamos, em nossos projetos, percorrer com ética os caminhos para sua execução, pois temos como referência nossa missão de fortalecer a agricultura familiar, os agricultores familiares e as comunidade e povos tradicionais de Paulo Afonso, da Bahia e do Nordeste. Quando sabemos onde queremos chegar, o próprio caminho se abre aos olhos! É neste contexto que desenvolvemos nossas atividades, com transparência e embasamento, considerando as metodologias apropriadas a cada local, porém, principalmente, tendo a natureza como grande professora.


Publicado em 22 de Julho de 2019, Por: Bruna Cordeiro (ASCOM da AGENDHA)

61 visualizações