I Feira Literária dos Povos Indígenas da Bahia inicia ação de Mapeamento de Autores/as Indígenas

Com o tema - Literatura Indígena como Retomada, vai acontecer de 05 a 09 de abril, a I FLIPIB - Feira Literária dos Povos Indígenas da Bahia, na modalidade virtual. O Projeto é uma realização da ARUANÃ - Associação para Recursos Ambientais e Artísticos que está mobilizando os diversos segmentos, para proporcionar a participação efetiva de autores/as, editores/as, professores/as, estudantes e, pesquisadores/as, indígenas e não indígenas, além de lideranças indígenas.


Com o apoio financeiro do Estado da Bahia por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação Pedro Calmon (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal, a Programação será totalmente gratuita e, reunirá diversas linguagens artísticas, como exposições, contação de história e fóruns.


A Palestra de Abertura será às 10h e, terá transmissão ao vivo pelo youtube do Portal Aruanã, com o consagrado escritor Daniel Munduruku. Valda Aroucha - Fundadora da AGENDHA, Professora LICEEI e Pesquisadora do OPARA/UNEB Campus VIII, vai participar da Programação no dia 06, a partir das 10h, na Roda de Conversa: Vamos dialogar, Parentes! Diversidade da Literatura Indígena nos Espaços Acadêmicos. Que terá a moderação de José Carlos Tupinambá. E, no dia 07, no mesmo horário, será moderadora da Mesa Redonda: Literaturas Indígenas, as escritas e os escritores indígenas.


Tendo como transdisciplinaridade, a literatura infanto-juvenil produzida pelos escritores/autores indígenas da Bahia em diálogo com os escritores/autores indígenas brasileiros e latino americanos, a I FLIPIB, busca valorizar todas as manifestações artísticas e literárias dos povos indígenas da Bahia, suas produções editoriais em diálogo com as artes indígenas: música, rituais, danças, arte plumária, contos, lendas, mitos, histórias, cinema, na perspectiva do fortalecimento do protagonismo indígena brasileiro.


Como primeira ação, a I FLIPIB iniciou o Mapeamento dos Escritores, Escritoras e Artistas Indígenas na Bahia, localizados nos 27 Territórios de Identidade da Bahia, acesse o formulário aqui: O evento ainda terá exposição, contação de histórias e apresentações musicais, além da presença de grandes escritores. Será livre para todos os públicos, para ter acesso a programação completa, clique aqui: https://www.portalaruana.org/


Texto Bruna Cordeiro - ASCOM AGENDHA.

77 visualizações0 comentário