Governo do Estado investe R$12 milhões na produção de alimentos de assentamentos rurais

Visando estimular a produção de alimentos para a segurança alimentar e gerar renda para 4.348 famílias de assentamentos baianos, o Governo do Estado autorizou a assinatura do termo de colaboração, com transferência de recursos financeiros, junto a 28 organizações da sociedade civil.



São R$12 milhões em investimentos para a contratação de consultores e agentes comunitários rurais (ACR), com a finalidade de requalificar os projetos e empreendimentos organizados por assentados e assentadas de Fundo e Fecho de Pasto e comunidades tradicionais existentes nos diversos territórios.


O primeiro convênio do edital Dinamização Produtiva de Assentamentos Rurais foi firmado, nesta semana, com a Associação do Projeto de Assentamento Dandara dos Palmares, do município de Camamu.


O presidente da Associação do Projeto de Assentamento Dandara dos Palmares, do município de Camamu, Anísio dos Santos, destaca a importância dos recursos que serão aplicados no assentamento. “Vai beneficiar muita gente na nossa comunidade, para as famílias que cultivam alimentos como cupuaçu, cacau, abacate, laranja, mandioca, cravo, guaraná, seringueira. Vamos melhorar e aumentar a nossa produção”.


A iniciativa é realizada pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), no âmbito da estratégia Parceria Mais Forte: Juntos para Alimentar a Bahia.


O diretor-presidente da CAR, Wilson Dias, explica que essa é uma aposta na potencialidade que os assentamos rurais têm. “Uma vez que a primeira política pública já foi concedida, que é a do acesso à terra, cabe ao Estado dar continuidade com outras políticas. O que estamos fazendo é prosseguir com investimentos para que os assentamentos se tornem autossustentáveis, dinâmicos e gerem renda e alimentos para as famílias”.


Publicado originalmente por: SDR EM 01/04/2022

3 visualizações0 comentário