Em carta aberta, organizações do Semiárido potiguar cobram políticas de conservação e preservação

Organizações cobram ações de conservação e preservação do Seridó potiguar




A carta do Seridó: a vida pulsa no Semiárido torna público uma série de propostas de políticas públicas voltadas a conservação e preservação da região do Seridó, local onde há um dos maiores núcleos de desertificação do Brasil. Assinado por 27 representantes de dez organizações da sociedade civil, de pesquisa acadêmica e do poder público, o documento defende, por exemplo, o fomento à criação de Unidades de Conservação no âmbito municipal no estado do Rio Grande do Norte. Confira a carta na integra.


Publicada orginalmente por: https://www.asabrasil.org.br/noticias?artigo_id=11278 em: 01/08/2022.