Agricultores familiares da zona rural de Macururé aumentam em 80% o rebanho de caprinos

Os agricultores e agricultoras familiares da Associação de Desenvolvimento Comunitário e Apoio aos Pequenos Produtores Rurais da Fazenda Marruá, localizada no município de Macururé, aumentaram em cerca de 80% o rebanho de caprinos. A produção aumentou e melhorou graças aos investimentos do Governo do Estado, pelo projeto Bahia Produtiva, que destinou R$224 mil para o melhoramento genético do rebanho da comunidade de Marruá, que antes possuía 80 animais e hoje são 208.


Foram entregues reprodutores de pura origem e matrizes de qualidade com os devidos exames clínicos, além de máquinas e equipamentos como máquina forrageira e reboque. A agricultora Eliane Francisca Xavier conta que já é possível ver o resultado dos investimentos em seu rebanho: “No começo, eu tinha somente nove cabeças e, agora, com o apoio do Bahia Produtiva, tenho 24 cabeças, tenho cabras prenhas, e vem mais por aí”.


O assistente territorial do Território Itaparica, Cláudio Ademar da Silva, afirma que a caprinocultura é a principal fonte de renda da maioria das famílias da região: “A criação de caprino em Marruá representa a moeda e principal fonte de renda da comunidade. Quando um pai quer casar uma filha, e precisar comprar o enxoval, ou levar a esposa ao médico, comprar uns óculos ou qualquer outra necessidade imediata, recorre à venda de animais como forma de resolver as necessidades”.


O Bahia Produtiva é um projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com cofinanciamento do Banco Mundial.


Publicado Originalmente em SDR, em: 02/02/2021

3 visualizações0 comentário