Projeto ATER Agroecologia participa de Dia de Campo sobre usos sustentável de Biodigestor

Atualizado: 2 de fev.

A atividade contou com a participação da equipe do Projeto ATER Agroecologia, posto que o demonstração prática, a caminhada transversal e o bate papo aconteceu na propriedade do agricultor e técnico em agropecuária, Jucelino Santana, que está localizada no Sítio Alagoinhas, município de Jeremoabo.

Foto Acervo AGENDHA

Biodigestor é um equipamento que transforma o esterco de curral em gás (Biogás) inflamável, que pode substituir o gás de cozinha comprado em botijões (Gás Liquefeito de Petróleo ou GLP). A geração de gás acontece pela decomposição de fezes suínas e bovinas dos animais criados pelo senhor Jucelino, que afirma que: “O nosso biodigestor funcionou desde o início, mas é importante observar que as fezes dos animais não geram bactérias se o animal comer ração ou pasto com defensivos, aí você não terá a produção de gases que necessita. Então até nisso os defensivos são prejudiciais.”


A mistura resultante da água e da biomassa, no processo de decomposição, se transforma em biofertilizante orgânico, enriquecido com nutrientes que deve ser dissolvido de 01 para 10 partes de água de água, gerando economia na renda na compra de gás e de insumos externos.


O Projeto ATER Agroecologia é financiado pelo Governo do Estado da Bahia, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (@sdrbahia - SDR), a Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (@bahiater - Bahiater) e o SETAF (Serviço Territorial de Apoio à Agricultura Familiar).




9 visualizações0 comentário