Agenda 21 de Curaçá/BA (2002-2004): foi desenvolvida pela AGENDHA, com a Prefeitura Municipal de Curaçá e apoio do FNMA/MMA - Fundo Nacional de Meio Ambiente/Ministério do Meio Ambiente, no período de 2002 a 2004, sendo a primeira Agenda 21 Distrital do Brasil. Participaram deste processo mais de 1.037 pessoas, em especial famílias agricultoras, povos e comunidades tradicionais. Os quatro principais eixos deste documento público foram: utilização e gestão sustentável dos recursos naturais; agricultura sustentável; sustentabilidade urbana e infraestrutura e superação das desigualdades sociais, culminando na constituição da Comissão Tripartite da Comissão Municipal de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 21 de Curaçá.