Faixa BODEGA.jpg
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
Logomarca AGENDHA 17 anos.png
Nome Bodega.png

Produtos da Sociobiodiversidade do Bioma Caatinga

A AGENDHA presta Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) a diversas comunidades rurais que desenvolvem a agricultura familiar no TI, neste cenário, tem-se projetos desenvolvidos para fortalecer a cadeia de produção, a organização comunitária e as atividades correlatas destes empreendimentos.

BODEGA DE PRODUTOS DO BIOMA CAATINGA

A Bodega de Produtos Sustentáveis do Bioma Caatinga, constitui uma Rede de Organizações Socioprodutivas da Agricultura Familiar, de Povos e Comunidades Tradicionais, que coletam, cultivam, criam e beneficiam produtos da agricultura familiar e da sociobiodiversidade (vegetal e animal) e comercializam na perspectiva de relação justas e solidárias, incentivando o consumo saudável e sustentável. Saiba mais.

RIO SÃO FRANCISCO: LUGAR SAGRADO

O rio São Francisco, esse gigante que percorre aproximadamente 2800 km desde o Sudeste até o Nordeste, fora batizado por nossos ancestrais indígenas como rio Opará. Opará, que quer dizer “rio mar”, carrega em sua história diversas lendas e mitos que compõem um dos mais belos imaginários da cultura popular brasileira. Saiba mais

AGRICULTURA FAMILIAR E ECONOMIA SOLIDÁRIA

A grande força impulsionadora das Ações da AGENDHA são os produtores e as produtoras locais, representantes das comunidades e de seus municípios, tendo o Território Itaparica como eixo de ligação, são eles os responsáveis pela multiplicação do aprendizado e a aplicação prática do conhecimento em suas propriedades. Saiba mais

Território de Identidade Itaparica

O Território Itaparica, segundo Censo Demográfico (2010), corresponde a cerca de 2,9% do Território Estadual. Na divisão administrativa, é formado pelos municípios de Abaré, Chorrochó, Glória, Macururé, Paulo Afonso e Rodelas (BAHIA, 2013), embora faça parte da Bacia Hidrográfica do São Francisco, todos os municípios estão inseridos na Região Semiárida. Onde Predomina o clima árido, com nenhum excedente hídrico, chuvas de primavera/verão que não ultrapassam os 500 mm e temperatura média anual em torno dos 25º C. 

 

A face geográfica do Território é multifacetada e tem como principais pontos geográficos os lagos das represas das hidrelétricas de Itaparica e do Moxotó, a cachoeira de Paulo Afonso, o canyon do São Francisco, com extensão de cerca de 60km, navegável após a implantação da represa de Xingó; a Estação Ecológica Raso da Catarina, nos municípios de Paulo Afonso e Glória; as Serras do Tonan, em Glória e Macururé; por fim, o conjunto de ilhas localizado no trecho do Rio São Francisco, que margeia o município Chorrochó.

 

A região dentro da qual está localizado o Território Itaparica, originalmente era habitada por povos indígenas, e, nos dias de hoje eles ainda se fazem presentes em alguns municípios da Bahia. Apesar da política de extermínio e escravização posta em prática pelos colonizadores, não somente nessa, mas em toda a região do São Francisco, durante o processo de ocupação do Vale e fartamente documentada em obras de abalizados historiadores, a presença indígena é uma das marcas do Território. Dentre os inúmeros grupos destaca-se os Pakararés nos municípios de Glória e Paulo Afonso, e os Tuxás em Rodelas.

 

Rastreabilidade dos Produtos da Bodega

Você tem um produto adquirido recentemente na Bodega? Quer conhecer mais sobre sua origem e história?

Parceiros e Apoiadores